Dois candidatos devem disputar o cargo de prefeito em Nova Prata do Iguaçu

A homologação das candidaturas no Tribunal Regional eleitoral deve acontecer hoje segunda feira

Rádio SAN FM
Divulgação (Foto: Rádio SAN FM)

A eleição suplementar para prefeito de Nova Prata do Iguaçu, dia 13 de junho, um domingo, deverá ter duas chapas: o prefeito interino, Sergio Faust (PL), contra Edilsom Grassi (PSDB).

A homologação das candidaturas no Tribunal Regional eleitoral deve acontecer hoje segunda feira.

O vencedor da eleição no ano passado, Ari Gallert (PTB), teve sua candidatura anulada. Ele se tornou inelegível por ter renunciado ao mandato de vereador na legislatura 2016/2020 fora do prazo regulamentar.

Em dezembro, Ari teve um recurso especial negado por decisão monocrática. O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a decisão de indeferimento.

No ano passado, três grupos se apresentaram para os cerca de sete mil eleitores. Ari comandou uma aliança COM PTB, PDT, MDB E PSD, onde recebeu 3.299 votos.

Com 19 votos a menos, 3.280, o tucano Edilsom Grassi liderou uma coligação formada pelos partidos PSDB, PT, PL, PP, PSC, PSL, CIDADANIA E PATRIOTA. Um terceiro nome, Sandro Oltramari, recebeu 388 votos, pelo PSB, ele não fez aliança com outras siglas partidárias.

Os dois candidatos Sergio Faust e Edilsom Grassi devem iniciar essa semana a campanha, sendo que a eleição está marcada para o dia 13 de junho em Nova Prata do Iguaçu.

 

Fonte Jornal de Beltrão

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internetatravésdo Rádio SAN FM, não reflete aopiniãodeste Portal.