Prefeito de Iguatu assume diretoria do CISOP; Maxwell Scapini é suplente do Conselho Fiscal

O mandato é de dois anos

Portal B / Assessoria
Divulgação (Foto: Portal B / Assessoria)

O prefeito de Iguatu, Vlademir Antonio Barella, foi eleito nesta segunda-feira (1º) presidente do Cisop (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste do Paraná), em substituição ao prefeito de Boa Vista da Aparecida, Leonir Antunes dos Santos.

O mandato é de dois anos, a nova diretoria é composta pelo vice-presidente Giovani Miguel Wolf Hnatuw (prefeito de Corbélia), secretário Osmário de Lima Portela (prefeito de Guaraniaçu) e tesoureiro Renato Tonidandel (prefeito de Santa Lúcia).

O Conselho Fiscal é composto por Luiz Antônio Domingos de Aguiar (prefeito de Formosa do Oeste), Marcos Vilas Boas Pescador (prefeito de Vera Cruz do Oeste) e Elio Marciniak (prefeito de Santa Tereza do Oeste).

O prefeito de Capitão Leônidas Marques, Maxwell Scapini, é suplente do Conselho Fiscal.

Os prefeitos e prefeitas aprovaram as contas da diretoria anterior e ouviram relato dos principais feitos.

Entre eles, estão a retomada da construção do novo ambulatório do consórcio: até o momento, 98% do cronograma da obra está concluído.

E também: a liberação de recursos por parte da Sesa (Secretaria Estadual de Saúde) no valor de R$ 1,7 milhão, para a compra de móveis e equipamentos da nova sede; aquisição de recursos para instalação de ar-condicionado; aquisição de dois veículos junto à Sesa; criação do primeiro Ambulatório Materno Infantil do interior do Paraná (exclusivo para atendimento de gestantes de alto risco) e criação do Projeto de Nuclearização do Cisop, com implantação de Núcleo Ambulatorial na cidade de Corbélia (para atendimento da população dos municípios de Corbélia, Anahy, Braganey, Iguatu e Cafelândia).

E mais: mudança no sistema de pagamento per capita por pagamento por utilização; ampliação no número de médicos de 65 para 105, criação do Ambulatório de Feridas; criação do projeto Linha da Saúde (em parceria com viações Garcia e Catarinense) para transporte de pacientes em tratamento a Curitiba; implantação do programa de Telemedicina; implantação do Cetea (clínica/escola para autistas, em convênio com a Prefeitura de Cascavel, para atendimento de jovens e crianças e treinamento e formação profissional) e implantação do programa Qualicis, para atendimentos qualificados nas áreas de Saúde Mental, cuidado de idosos, gestação de alto risco, crianças, hipertensão, diabetes e outras.

De acordo com Barella, o consenso fortifica ainda mais a união de prefeitos e prefeitas da região. "Tenho compromisso de levar atendimento de qualidade a todas as pessoas. Cascavel é um centro médico muito importante, mas todos os municípios consorciados têm relevância e suas peculiaridades. Por isso, esperamos que todos sejam muito bem servidos neste que é um dos maiores consórcios de saúde do Paraná". destaca ele.

Fonte Portal B Noticias / Assessoria

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internetatravésdo Rádio SAN FM, não reflete aopiniãodeste Portal.