Trecho da PR-280 no Sudoeste será restaurado com cobertura de concreto

Ao todo, R$ 171 milhões serão destinados para a recuperação da infraestrutura rodoviária do trecho

MARCILEI ROSSI
Divulgação (Foto: MARCILEI ROSSI)

Nessa semana o governador do Paraná, Ratinho Júnior, anunciou investimentos na rodovia PR-280 — trecho considerado o principal corredor do Sudoeste. Conforme o pronunciamento do governador, a tão esperada recuperação da infraestrutura rodoviária na região contará com um projeto inédito no estado.
Segundo Ratinho Júnior, um trecho de 60 quilômetros, entre Palmas até o entroncamento com a BR-153, será restaurado no método whitetopping, que consiste na cobertura de concreto sobre o pavimento asfáltico existente. Somente nessa melhoria serão investidos R$ 120 milhões.

Além disso, a PR-280 também está em um projeto que busca a melhoria de ampliação de capacidade e segurança viária, o que na prática propõem a implantação de novas terceiras faixas, melhorias do pavimento, da sinalização viária e dispositivos de segurança.

Conforme o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) estão previstas obras em 27 segmentos da PR-280, que juntas somam um total de 16 km de melhorias.

Entre os pontos que receberão intervenções, a região ao longo da PR-280 até o entroncamento de Marmeleiro será a que mais passará por obras, onde dez segmentos serão melhorados.

Outras obras serão realizadas nos trechos entre a BR-153 e Palmas [nove segmentos], entre Pato Branco e Vitorino [sete pontos de intervenção] e também em União da Vitória [um segmento].

De acordo com o DER, a publicação do edital de licitação está prevista para outubro. Iniciados os serviços, o prazo de execução é de 12 meses. Para essas intervenções são estimados R$ 51 milhões de investimentos.

As ações propostas na rodovia que corta todo o sudoeste do Paraná, fazem parte do programa Paraná em Obras, que consiste em um banco de projetos que vem sendo estruturados, pelo Estado, desde o início de 2019.

Além da PR-280, melhorias de ampliação de capacidade e segurança viária também serão realizadas nas PR-323 [que liga Maringá a Umuarama] e PR- 092 [situada na região do norte pioneiro]. Entre as três obras serão disponibilizados, pelo governo estadual, R$ 95 milhões, sendo o trecho do Sudoeste o maior beneficiário.

O programa estadual prevê também a pavimentação de 400 quilômetros de estradas rurais, a revitalização da praia de Matinhos, a duplicação de importantes rodovias do Paraná e a aquisição de equipamentos para o projeto de segurança estadual, Olho Vivo.

Ratinho Júnior ressaltou que as obras estão prontas para serem licitadas e a expectativa da gestão é que comecem até o início do ano que vem.

 

Fonte Diário do Sudoeste/ Agencia Estadual de Noticias

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Rádio SAN FM, não reflete a opinião deste Portal.