Com cassação de Francischini, haverá dança das cadeiras, Nereu Moura volta à Assembleia Legislativa

Com a saída de Francischini, também deixarão a vaga na Assembleia Emerson Bacil, Do Carmo e Cassiano Caron, todos eleitos pelo PSL

Assessoria
Divulgação (Foto: Assessoria)

Com a cassação do deputado Estadual Fernando Francischini (PSL) em decisão do TSE, haverá mudanças na composição da Assembleia Legislativa.

Com a saída de Francischini, também deixarão a vaga na Assembleia Emerson Bacil, Do Carmo e Cassiano Caron, todos eleitos pelo PSL.

E quem deve assumir as vagas são Adelino Ribeiro (PRB), Nereu Moura (MDB), Elio Rusch (DEM) e Pedro Paulo Bazana (PV).

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu ontem (28), por 6 votos a 1, cassar o mandato do deputado estadual do Paraná Fernando Francischini (PSL), por uso indevido de meios de comunicação social na corrida eleitoral de 2018.

A decisão foi tomada em decorrência de uma transmissão ao vivo feita por Francischini no dia da eleição, em que o parlamentar, então deputado federal, disse estar ocorrendo fraude no cômputo de votos, de modo a impedir a eleição de Jair Bolsonaro como presidente.

As declarações foram feitas cerca de meia hora antes do fechamento das urnas, por meio de uma live no Facebook. De acordo com os autos do processo, o vídeo teve mais de 70 mil visualizações ao vivo e 400 mil compartilhamentos, tendo recebido 105 mil comentários.

No entender da maioria do TSE, o deputado sabia não haver provas de suas declarações, mas ainda assim seguiu com a narrativa de fraude eleitoral, com o intuito de influenciar o resultado final da votação, conduta considerada grave. Esta é a primeira vez que um deputado é cassado pelo TSE por disseminar fake news (notícias falsas) sobre o processo eleitoral.

Nereu Moura do MDB quando soube da informação da cassação de Francischini e que assumiria uma cadeira no legislativo, ele estava em um almoço em Capitão, reunido com o ex-prefeito Claudio Quadri e outras lideranças.

Nereu fala da sua volta a assembleia legislativa.

 

Fonte Rádio SAN com Agência Brasil

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internetatravésdo Rádio SAN FM, não reflete aopiniãodeste Portal.