Pai fala sobre caso de garoto morto em Três Barras do Paraná

Alisson de Araújo tinha 15 anos; Ele foi socorrido com vida mas não resistiu

Rádio SAN FM
Divulgação (Foto: Rádio SAN FM)

No início da manhã desta sexta-feira (15) Cleiton de Araújo, Engenheiro Agrônomo, falou sobre a morte do filho, Alisson de Camargo de Araújo de apenas 15 anos, que foi morto após abordagem policial em Três Barras do Paraná.

De acordo com pai, o adolescente saiu do serviço, e se encontrou com alguns amigos para irem até uma pista de treinamento de motocross. A pista ficava localizada após o trevo da cidade, sentido Catanduvas.

Eles teriam parado em um posto da cidade para abastecer. Após saírem do local, andaram por mais alguns minutos quando se depararam com os policiais militares, que de acordo com o pai, já sabiam do destino dos garotos.

Segundo Cleiton, os policiais aguardavam os jovens naquela localidade para abordagem - já que eram menores dirigindo, algo proibido por lei -. No momento em que a PM pediu para os adolescentes pararem, eles não atenderam a ordem e fugiram.

Por algum tempo, os jovens ficaram escondidos em meio à um matagal, mas quando saíram, se depararam com a PM. E de acordo com o pai, "fatalmente a polícia acabou atirando e tendo como alvo meu filho".

Alisson foi socorrido, mas em seguida morreu no Hospital Universitário, em Cascavel.

Cleiton, diz estar indignado pela maneira que a abordagem foi feita, já que a PM já saber que se tratava de jovens menores e desarmados.

A Polícia Militar não quis falar sobre o caso.

img_3

Fonte CATVE

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Rádio SAN FM, não reflete a opinião deste Portal.