Acusados de homicídio em Santa Lucia são condenados com penas que variam de 22 a 34 anos de prisão

O crime ocorreu dia 27 de janeiro do ano 2019, em um ponto comercial na linha Santa Catarina “Barrinha”, quando a vítima foi morta a tiros

Rádio SAN FM
Divulgação (Foto: Rádio SAN FM)

 

Depois de aproximadamente 20 horas de julgamento, o Tribunal do Júri na comarca de Capitão condenou três pessoas acusadas de homicídio em Santa Lúcia e por duas tentativas.

João Adair Capelesso, Edson da Silva e Isair Ferreira da Silva eram acusados de terem assassinado Juvenal Martins.

O crime ocorreu dia 27 de janeiro do ano 2019, em um ponto comercial na linha Santa Catarina “Barrinha”, quando a vítima foi morta a tiros.

O desentendimento aconteceu durante um jogo de sinuca em bar/mercearia.

Depois do crime a Policia Civil com a colaboração da Policia Militar chegou aos autores do homicídio que foram presos e que aguardavam julgamento presos na cadeia pública de Capitão.

O júri teve início as 9h00 da manhã de quinta-feira e terminou por volta das 3h45 da madrugada dessa sexta-feira.

João Adair Capelesso foi condenado a 34 anos de prisão, Isair Ferreira da Silva a 29 anos e Edson da Silva a 22 anos.

No caso do réu Edson foi absolvido da tentativa de homicídio qualificado em relação a vítima Mario, em relação a vítima Paulo foi reconhecida desistência voluntaria e desclassificada para lesão corporal, tanto dele bem como dos demais réus.

Populares não tiveram acesso para assistir o júri, em razão da pandemia do Coronavirus.

WhatsApp_Image_2020-10-16_at_09.56.35

WhatsApp_Image_2020-10-16_at_09.56.14_1

 



Fonte Rádio SAN FM

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Rádio SAN FM, não reflete a opinião deste Portal.