Aumenta o número de furtos de máquinas e insumos no PR

Para as forças de segurança, este tipo de crime só se sustenta em razão de uma figura específica: a do receptador, ou seja, aquele que compra os produtos furtados ou roubados

Jaelson Lucas/AEN
Divulgação (Foto: Jaelson Lucas/AEN)

Nos últimos dois anos e meio, mais de 20 mil ocorrências foram registradas em propriedades rurais. Os casos sugerem que, cada vez mais, os bandidos estão de olho em bens específicos, diretamente relacionados à atividade rural, como máquinas e insumos, além dos próprios produtos agropecuários.

Para as forças de segurança, este tipo de crime só se sustenta em razão de uma figura específica: a do receptador, ou seja, aquele que compra os produtos furtados ou roubados. Afinal, as quadrilhas de assaltantes só agem porque há mercado para os bens obtidos de forma criminosa.

A pena prevista para receptação não passa de cinco anos de reclusão. Na maioria dos casos, esses criminosos respondem pelo crime em liberdade. Em caso de condenação, podem cumprir a pena em regime semiaberto.
 

Fonte Faep

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Rádio SAN FM, não reflete a opinião deste Portal.