Tempo deve ficar sem chuvas por mais uma semana e estiagem tende a se agravar

segundo previsão do Simepar o tempo deve permanecer firme na próxima semana registrando durante as manhãs uma média de 15C° com máximas que podem chegar ao logo dos dias a 31C°

Portal Tri
Divulgação (Foto: Portal Tri )

O tempo deve continuar seco pelo menos até o início do mês, agravando a estiagem que a pouco mais de 40 dias castiga a região, principalmente nas áreas rurais.

Capanema, Planalto, Pérola Do Oeste, Pranchita, Bela Vista da Caroba, Realeza, Ampére, Pinhal de São Bento, Bom Jesus do Sul, Manfrinópolis, Salgado Filho, Flor da Serra do Sul, Barracão e Dionísio Cerqueira, segundo previsão do Simepar o tempo deve permanecer firme na próxima semana registrando durante as manhãs uma média de 15C° com máximas que podem chegar ao logo dos dias a 31C°. Essa temperatura deverá subir gradualmente até o início do próximo mês, enquanto isso não há previsões de chuvas consideráveis. Durante esse período ainda o ar continua seco, o que pode aumentar os casos de problemas respiratórios, visto que esse período de estiagem tem facilitado o aumento de queimadas, fato este já constatado por todos.

Enquanto isso a previsão de chuvas continua baixa e a estiagem, infelizmente deve continuar a castigar a região, principalmente no campo em que as receptações de chuvas são essenciais para o ciclo de crescimento das plantas.

Tanto no Extremo Oeste Catarinense, como Sudoeste do Paraná produtores de leite tem sofrido com a falta de chuvas, grande parte deles necessita das pastagens para a alimentação das vacas, como não chove o pasto não cresce, o que acaba desencadeando uma série de prejuízos no campo. Há também registros de graves baixas nos volumes de água em reservatórios, tanto em propriedades como em cidades. Em Dionísio Cerqueira o reservatório usado para a captação de água baixou consideravelmente e uma boa chuva afastaria a preocupação de racionamento de água.

Em Salgado Filho, por exemplo, há alguns dias algumas propriedades do município passaram a receber água por meio de um caminhão tanque da administração municipal devido à falta de água nos depósitos tanto para a suinocultura como para a bovinocultura.

O município de Barracão registra a mesma situação de solo compactado e demora no crescimento das pastagens, além da diminuição de água nos reservatórios. Em Bom Jesus do Sul um pequeno rio que passa pela comunidade da linha Tarumã em algumas partes não corre mais água, o que se vê são apenas pedras.

 

Fonte Portal Tri

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internetatravésdo Rádio SAN FM, não reflete aopiniãodeste Portal.