Comissão Eleitoral da OAB Cascavel realiza encontro com Mulheres na Política na comarca de Capitão

Em Capitão o evento aconteceu na Casa da Cultura Vitor Valendolf, na tarde de segunda-feira, 26 de outubro

Emanuele Nunes Roman
Divulgação (Foto: Emanuele Nunes Roman)


A OAB Cascavel, através da Comissão de Direito Eleitoral e Comissão da Mulher Advogada, visando cumprir seu papel institucional de promover a defesa da cidadania e democracia, em parceria com o Ministério Público Eleitoral e Justiça Eleitoral, lançou o projeto "Mulheres na Política", que visa instruir, orientar, defender e efetivar a participação do gênero feminino na política brasileira.

O fortalecimento das mulheres e sua plena participação, em condições de igualdade, em todas as esferas sociais, incluindo a participação nos processos de decisão e acesso ao poder, são fundamentais para garantir a igualdade de direitos, a igualdade de responsabilidades, a igualdade de oportunidades e a igualdade de participação de mulheres e homens em todos os órgãos e processos de formulação de políticas públicas no âmbito nacional, regional e internacional.

Em Capitão o evento aconteceu na Casa da Cultura Vitor Valendolf, na tarde de segunda-feira, 26 de outubro. O presidente da OAB, Jurandir Parzianello, comenta sobre o tema Mulheres na Política na comarca de Capitão. “Um tema tão raro, tão essencial ao desenvolvimento social e da democracia do nosso país, estado e da comarca daqui de Capitão Leônidas Marques” disse Jurandir.

O promotor de Justiça da Comarca de Capitão, Francisco Davi Fernandes Peixotto, participou do encontro e fala sobre a iniciativa da OAB e das dificuldades de as mulheres participarem mais na política brasileira. “Talvez a maior dificuldade que nós temos é a modificação da nossa cultura que ainda infelizmente tende a ter muito preconceito no âmbito político partidário. Mas em Capitão, todos os partidos cumpriram o percentual mínimo de 30% da participação das mulheres na política em nosso município” comentou Francisco.

Sheila Casaril, do direito eleitoral da OAB, comenta sobre a baixa participação das mulheres na política brasileira. “No Paraná, a mulher tem tentado e buscado fazer mais parte das políticas públicas voltadas pra gente. Conquistar mais o nosso espaço com igualdade. Fazendo com que a gente tenha mais efetivação no espaço democrático”, ressaltou Sheila.

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Rádio SAN FM, não reflete a opinião deste Portal.