IAP inicia os trabalhos para a Elaboração do Plano Ambiental Pacuera do Baixo Iguaçu

Na reunião também estiveram presentes representantes dos Municípios interferidos pelo reservatório, e em conjunto com o IAP, definiram um prévio fluxograma das ações para a elaboração do PACUERA.

Rádio SAN FM
Divulgação (Foto: Rádio SAN FM)

WhatsApp_Image_2019-09-20_at_08.14.46

O Prefeito de Capitão Leônidas Marques, Claudio Quadri, e equipe, receberam na tarde de quinta-feira (19)na Prefeitura Municipal os representantes do IAP designados a elaboração do Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno do Reservatório Artificial – PACUERA do reservatório da Usina do Baixo Iguaçu.

Na reunião também estiveram presentes representantes dos Municípios interferidos pelo reservatório, e em conjunto com o IAP, definiram um prévio fluxograma das ações para a elaboração do PACUERA.

O Grupo de Trabalho do IAP já havia se reunido com os técnicos do Consórcio Empreendedor Baixo Iguaçu, onde receberam o pré-projeto do PACUERA, e após vistoriaram as áreas influenciadas diretas e indiretas do reservatório.

A Engenheira Florestal Maria do Rocio Lacerda Rocha, que é a Coordenadora do Grupo de Trabalho, expôs que o PACUERA deve ser elaborado de forma a melhorar da qualidade de vida da população e que permita o desenvolvimento sustentável da região, tudo sem ofensa ao patrimônio ambiental. “Diante da atuação do Município de Capitão Leônidas Marques junto ao IAP, o Plano do Baixo Iguaçu se tornou uma das prioridades do Instituto, e por isso a definição de um fluxograma dos trabalhos”.

Pelo PACUERA é que se identificam os usos múltiplos do reservatório, regulamentando o acesso de pessoas e embarcações de pesca para prática de esporte, lazer, turismo, atividades econômicas, captação de água em quantidade e qualidade para essas atividades, e em harmonia aos Planos Diretores dos Municípios definem condições e critérios para o licenciamento de empreendimentos náuticos no entorno.

O Prefeito Claudio Quadri apresentou o planejamento que o Município já possui para o uso e ocupação sustentável do entorno do reservatório, o que permitirá o desenvolvimento socioeconômico da Cidade, apresentando ao IAP um Plano Diretor atual e moderno, com metas definidas, adequado ao licenciamento da Usina do Baixo Iguaçu e a Legislação Ambiental.

Após o Grupo de Trabalho do IAP expressou que esse planejamento prévio, com definições dos objetivos já realizados pelo Município auxiliarão para que o PACUERA seja elaborado em um tempo menor do que o habitual, parabenizando o Município pela governança.

O Prefeito Claudio Quadri comenta a respeito do Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno do Reservatório Artificial – PACUERA.

 

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Rádio SAN FM, não reflete a opinião deste Portal.