Ao menos 30% dos contaminados pelo novo coronavírus desenvolvem problemas neurológicos em 6 meses, diz estudo

A pandemia causada pelo novo coronavírus pode gerar uma onda de problemas mentais e neurológicos

Gerd Altmann - Pixabay
Divulgação (Foto: Gerd Altmann - Pixabay )

A cada três sobreviventes da Covid-19, um desenvolve distúrbios cerebrais ou psiquiátricos no prazo de seis meses.

O estudo, realizado com mais de 230 mil pacientes, a maioria norte-americanos, levanta um alerta:

A pandemia causada pelo novo coronavírus pode gerar uma onda de problemas mentais e neurológicos.

A conclusão dos cientistas da Universidade de Oxford, responsáveis pela pesquisa, leva em conta diagnósticos de ansiedade e depressão, os mais comuns dentre 14 tipos de patologias psiquiátricas registradas.

A lista tem em menor incidência, casos de derrame, demência e outros distúrbios neurológicos pós-Covid, principalmente nos casos de maior gravidade.

Os especialistas estão preocupados com o aumento desses problemas em pacientes contaminados.

Estudo realizado pelo mesmo grupo em 2020 apontou que 20% dos doentes que se curaram, ficaram com alguma sequela neurológica após três meses da contaminação.

Nesta pesquisa, publicada na revista Lancet Psyquiatry, o índice subiu para 34% no período de seis meses.

Fonte Rádio 2

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internetatravésdo Rádio SAN FM, não reflete aopiniãodeste Portal.